16/04/2019 - 17h07m

E O REDAF, COMO FICARÁ?

Publicado por Weslene Rocha  

O SINDARE muito tem se preocupado, dentre outras demandas, com a perspectiva cada vez mais real do não recebimento do REDAF, parcial  ou mesmo no todo, ante as dificuldades de atingimento das respectivas metas estaduais. O SINDARE tem pugnado, além da supressão da necessidade da superação em 5% da meta estabelecida - basta o atingimento de 100% da meta -, também pugna por critérios mais justos e plausíveis no estabelecimento dessas metas. Os critérios pra vigentes são manifestamente equivocados e desraigados de aceitável senso lógico. 


O Secretário da Fazenda teria prometido de form extra-oficial, eis que não foi para qualquer representante classista, que iria resolver essa situação. Como as promessas no âmbito da SEFAZ não tem sido necessariamente cumpridas, a categoria põe as “barbas de molho” e, apreensiva e indignada, cobra efetividade dessas promessas. O seu real cumprimento. É o mínimo que se esperar, numa relação de confiança e de respeito.

© 2012 - AUDIFISCO - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare